POEMA DO SONHO
(A Trilogia da Dor)

Soube que o mundo
Levou
Seus muitos sonhos,
Chorou.

Cheio de dor
Notou
Que todo o mar
Secou.

Ainda, lúcido,
Tentou
Vibrar. Que pena!
Voou


E leviano
Cantou
A música ímpar
De um show

Qualquer. Só sempre
Zombou
De si e da vida.
Doou

Tudo a ninguém.
Amou
Demais, apenas
Sonhou.

voltar