A CHUVA
(O Espelho dos Labirintos)

A chuva cai.
Ai,
Quem vem e vai
Na rua não

Presente meu
Breu
Interno, o véu
Do ato malsão

Que contaminou
Ou
Desarrumou
Minha emoção.

voltar