Poeta petrolinense lança obras no Beco da Cultura

O poeta Aroldo Ferreira Leão lança hoje, a partir das 18h00, dois livros para teatro intitulados: "Monólogo das Sombras" e o "Eco das Distâncias".
O evento de lançamento dos livros acontecerá no Beco da Cultura, em Petrolina.
Aroldo que é Auditor da Secretaria da Fazenda da Bahia e engenheiro elétrico, já possui dez livros de poesias publicados, respectivamente: "
A Trilogia da Dor" - 1995; "Carta a Tio João Cordeiro" - 1996; "Alfabetizando a Alma" - 1997; "Presságios" - 1997; "Sisuda Acidez" - 1998; "A Janela do Sótão" - 1998; "Harmonia Dissonante" - 1999; "Impactos Azuis" - 1999; "O Espelho dos Labirintos" - 1999; "A Alquimia do Impreciso" - 2000.
O poeta também faz parte de oito antologias, a nível nacional, dentre as quais destaca a "I Antologia Nau Literária" lançada por uma editora paulista, com diversos autores nacionais.
Aroldo também possui diversos prêmios literários, e destaca os de menção honrosa da Academia de Letras de Paranapuã no Rio de Janeiro, e o terceiro lugar com o conto-romance "O Quarto de Teobaldo".

O poeta escreve crônicas, contos e romances sendo inclusive um dos colaboradores do Jornal de Juazeiro, com a coluna denominada "Coisas da Alma".
Atualmente ele se prepara para lançar ainda este ano um CD de forró "Sacolejos e Manejos", com 14 canções de sua autoria, procurando recriar no estilo de música nordestina a força e essência que esta perpetua no coração de cada um de nós.

 

Jornal de Juazeiro, 14 de dezembro de 2000