Aroldo Leão lança mais dois livros

O poeta Aroldo Ferreira Leão estará lançando na quinta-feira, 14 de dezembro, a partir das 18 horas, no Beco da Cultura, dois livros para teatro denominados Monólogo das Sombras e O Eco das Distâncias. O poeta, que já possui dez livros de poesias publicados, agora envereda pelo texto teatral procurando penetrar fundo nos instintos e labirintos humanos. No Monólogo das Sombras tem-se duzentas e vinte e duas inserções que interagem com o leitor e/ou ouvinte tentando aprofundá-lo na difícil meta que é o descobrimento de nós mesmos. Já em O Eco das Distâncias difunde-se através de cento e vinte e uma inserções um acentuado conjunto de rimas que deliberadamente provocam no leitor e/ou ouvinte um despertar, julga o autor, para um autoconhecimento mais verdadeiro e silencioso. É interessante notar que no Monólogo das Sombras há quinze canções que se perpetuam no texto ajudando quem se interesse em viajar na obra do poeta. Em O Eco das Distâncias existem onze canções que se juntam às sensações daquelas pessoas que se comprometem consigo mesmas a se unirem à beleza das coisas. Aroldo também escreve crônicas, contos e romances.
Para o início de 2001 já está prometendo um livro de crônicas denominado Silêncios Atemporais e para o final de 2001 o romance O Quarto de Teobaldo. Aroldo Ferreira Leão já recebeu vários prêmios literários, dentre os quais destaca a Menção Honrosa na Academia de Letras de Paranapuã-RJ e o terceiro lugar com o conto-romance O Quarto de Teobaldo junto à AGEdições em São Paulo/SP. O poeta também compõe músicas e já se prepara para lançar em breve o CD de forró intitulado Sacolejos e Manejos, com todas as canções de sua autoria, buscando melhorar o conceito desta espécie de ritmo. Voltando aos livros, Aroldo Ferreira Leão promete uma noite bastante movimentada, culturalmente, no dia do lançamento dos mesmos, com recital de poesias, música, peças teatrais e uma série de demonstrações de artistas locais mostrando que na região se faz uma arte de altíssima qualidade, além, é claro, de estarem expostos todos os livros já lançados anteriormente pelo poeta para aqueles interessados em adquirir a obra completa do vate. Vale a pena conferir o evento!!!
Como o poeta mesmo diz: É imperdível!!!

 

Gazzeta, 10 a 16/12/2000